03/07/2018 às 10h28min - Atualizada em 03/07/2018 às 10h28min

Febre maculosa mata criança de 4 anos

Amanda Sabino - [email protected]
Foto: Reprodução
Uma criança de 4 anos morreu após contrair febre maculosa em Limeira. De acordo com informações da Secretaria de Saúde, o pai pescou em áreas de risco de Americana e acabou levando carrapatos grudados na roupa para a casa, onde estava a criança.
 
Apesar da morte ter acontecido no dia 20 de maio, a Prefeitura de Limeira só divulgou o caso esta semana, uma vez que o Instituto Adolfo Lutz enviou o resultado positivo para a doença.
 
É o primeiro caso de morte por febre maculosa registrado este ano em Limeira. De acordo com a Secretaria de Saúde, a investigação epidemiológica classificou o caso como "importado", uma vez que o pai esteve em área de risco de Americana.
 
Desde o início do ano, Limeira registrou 12 notificações, sendo um caso positivo e quatro suspeitos, que aguardam o resultado dos exames. Americana, cidade vizinha, teve sete mortes por febre maculosa em 2018. Santa Bárbara d'Oeste tem oito casos suspeitos (aguardando resultado) e dois positivos, sendo uma morte. Em Pedreira também foram confirmadas duas mortes pela doença.
 
Segundo a prefeitura, por meio da assessoria de imprensa, o município adota “várias medidas durante o ano todo, sobretudo alerta nas áreas de risco (áreas com lagos, riachos, rios etc., e a presença de capivaras)”, informou a nota.

A febre maculosa é uma doença infecciosa febril aguda, causada pela bactéria Rickettsia ricketsii, transmitida ao homem pela picada de carrapatos, principalmente o estrela. Não há transmissão direta entre humanos. Em 93% dos casos, o paciente necessita de hospitalização e, em 64%, a doença evolui para óbito, segundo estudo da Secretaria da Saúde do Estado. 

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018