29/05/2018 às 16h13min - Atualizada em 29/05/2018 às 16h13min

Servidores públicos de Santa Bárbara protestam contra reajuste salarial de 1,69%

Amanda Sabino - [email protected]latualidade.com.br
Foto: William Tião / Portal Atualidade

Dezenas de servidores públicos de Santa Bárbara d’Oeste estiveram na Câmara Municipal nesta terça-feira (29) para protestar contra o projeto de lei que concede reajuste salarial de 1,69%. A sessão foi suspensa para atender os servidores e o presidente da Câmara, Kadu Garçom, prometeu realizar uma reunião extraordinária na quarta-feira, às 18 horas, para tratar sobre o assunto. 

 

Após conversar com os vereadores, o grupo se dirigiu à prefeitura, causando congestionamento na Avenida Monte Castelo. Foi montada uma comissão de 10 servidores que, às 16h15, aguardavam para falar com um representante do executivo nas dependências do Paço Municipal. 

 

Para o funcionário público da saúde, Alan Roger, de 27 anos, a situação foi uma manobra do executivo junto com o sindicato. “Viemos reivindicar um aumento justo e digno, acima de 1,69% com o cartão alimentação de R$ 500.  Não temos um sindicato que nos representa. O sindicato e o prefeito fizeram uma manobra: o sindicato disse que os servidores aceitaram a proposta do executivo sem ter feito nenhuma assembleia e sem publicar no Diário Oficial do Município e o prefeito, por sua vez, protocolou o projeto no dia 25 para que não desse tempo de corrermos atrás de um aumento real, já que o projeto tem que ser votado até amanhã pelos vereadores visto que na quinta é feriado”, contou.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »