24/04/2018 às 15h19min - Atualizada em 24/04/2018 às 15h19min

​Com problemas estruturais, posto de saúde do São Vito será interditado para obras

Amanda Sabino amanda@portalatualidade.com.br
Fotos: Vereador Gualter Amado
A Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro São Vito, em Americana, será interditada na quarta-feira (25), a partir das 12 horas, em função de rachaduras e problemas estruturais existentes no local. De acordo com informações prévias, o posto de saúde será demolido e, enquanto as obras acontecem, o atendimento dos pacientes, bem como os funcionários do local, serão remanejados para as UBS do Cariobinha e do Jaguari. 

Na manhã desta terça-feira (24), o vereador Gualter Amado (PRB) foi até a UBS para fiscalizar o problema de perto. Segundo ele, representantes da Defesa Civil de Americana acompanharam a visita e informaram que vão interditar o posto de saúde em função dos riscos que os problemas estruturais oferecem aos pacientes e funcionários da unidade. Ainda de acordo com o vereador, a UBS será demolida para construção de uma nova unidade de saúde no local. 

 

"Estive hoje de manhã com a Defesa Civil acompanhando a situação do prédio, que está com rachaduras e problemas estruturais graves e, em contato com o secretário de Saúde, Gleberson Miano, fui informado de que o local terá que ser interditado para a demolição do prédio e construção de uma nova unidade de saúde no local. Para tanto, os funcionários e os atendimentos médicos aos pacientes prestados pela unidade serão remanejados para as UBSs do Cariobinha e Jaguari".   
 
A prefeitura, por meio de release, informou que "o prédio já apresentava problemas estruturais, como rachaduras e trincas, mas agora teve início um vazamento pela tubulação da rede de água, o que tornou o local inseguro para os pacientes e funcionários, devido a risco de desabamento. No início do mês de abril, a Defesa Civil já havia vistoriado o prédio e não constatou esse risco, motivo pelo qual a unidade permaneceu em funcionamento até a última vistoria feita hoje".
 
Segundo a prefeitura, independentemente dos problemas decorridos, a unidade de saúde já seria demolida para a construção de outra, já que ela faz parte de um estudo de reformas por meio do Programa Saúde em Ação, da Secretaria de Estado da Saúde – SP, com o apoio do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), que levou em conta a alta demanda e a capacidade instalada para os atendimentos. Tanto a licitação quanto a construção, equipamentos e mobiliários são de responsabilidade da Secretaria de Estado da Saúde - SP/BID. A previsão para o início das obras do novo prédio é o segundo semestre de 2019.
 
"As vacinas serão feitas na ESF (Estratégia Saúde da Família) do bairro Jaguari. Os atendimentos odontológicos serão transferidos também para o bairro Jaguari enquanto que a retirada de medicamentos poderá ser feita em qualquer farmácia das unidades dos outros bairros ou na farmácia central", informou a prefeitura.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018