20/04/2018 às 17h52min - Atualizada em 20/04/2018 às 17h52min

Funcionários encontram câmera escondida em posto de saúde de Americana

Amanda Sabino - amanda@portalatualidade.com.br
Foto: Arquivo Pessoal
Na última quarta-feira (18), funcionários da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Mathiensen, em Americana, encontraram uma câmera escondida em uma chave de carro (chave espiã) dentro da unidade. O objeto estaria filmando os funcionários e enviando as imagens via Wi-Fi.
 
De acordo com uma das servidoras da unidade de saúde, que pediu para não ser identificada, o objeto foi encontrado em cima de um relógio de ponto e causou estranheza por estar conectado na tomada. “Achamos muito estranho uma chave de carro carregando na tomada”, contou.
 
Segundo ela, alguns funcionários e a própria médica que estava atendendo no local saíram em busca do ‘dono’ da chave, mas ninguém assumiu a propriedade do objeto.
 
Desconfiados, os funcionários foram buscar no Google sobre o objeto e perceberam que se tratava de uma chave espiã. “Parece uma chave de carro comum, mas ela tem uma entrada USB, um leitor de cartão de memória, que estava vazio, e uma câmera que capta imagens. Quando está ligada na tomada, como estava, a chave espiã transmite as imagens em tempo real para o proprietário via Wi-fi”, explicou.
 
Foi registrado um Boletim de Ocorrência sobre o fato. De acordo com os funcionários, posteriormente, o guarda municipal que faz vigia noturna no local assumiu que “a chave era dele e que tinha esquecido na unidade de saúde”, mas tal fato não os convenceu.
 
Ainda segundo os funcionários, na UBS onde a chave foi encontrada “há perseguição aos funcionários concursados por meio daqueles que ocupam cargos comissionados”.
 
Questionada sobre o assunto, por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria de Saúde informou que "tudo não passou de um mal entendido, pois a câmera espiã pertence a um guarda municipal que permanece durante a noite na unidade. Ele conectou o equipamento à tomada para carregar e acabou esquecendo a mesma no local. Apesar das suspeitas de que alguém pudesse estar utilizando indevidamente imagens de funcionários da unidade, isto não se confirmou, pois a chave com a câmera espiã ficou apenas sendo carregada no ponto de energia, além disso, o equipamento, segundo o proprietário, não continha cartão de memória".

 
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018