02/02/2018 às 18h15min - Atualizada em 02/02/2018 às 18h15min

Prefeitura de Americana anuncia mudanças no sistema viário

- redacao@portalatualidade.com.br
Redação
Foto: Marília Pierre
A Prefeitura de Americana anunciou hoje (02) uma série de mudanças no trânsito e sistema viário, que serão executadas nos próximos meses. A primeira intervenção, prevista para março, será a inversão do sentido de direção da Rua Dom Pedro II e outras mudanças deverão ser realizadas no viaduto Amadeu Elias, nas imediações do Welcome Center e Portal da cidade. O anúncio foi feito pelo prefeito Omar Najar (PMDB) e pelos representantes da empresa Tranzum Planejamento e Consultoria de Trânsito.

“As alterações são importantes para o futuro do município, priorizando o transporte público, motoristas, ciclistas e pedestres, promovendo a mobilidade urbana. São intervenções que irão beneficiar toda a população em curto espaço de tempo e que irão refletir numa melhoria por 10 a 15 anos no trânsito da cidade”, afirmou o prefeito Omar Najar.

O secretário adjunto da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos (SOSU) e autoridade municipal de trânsito, Eraldo Camargo, informou como serão as alterações. “As mudanças serão em pontos específicos, inicialmente na Rua Dom Pedro II, com a inversão de direção (sentido Centro/SP-304),  implantação de um único sentido de direção no viaduto Amadeu Elias, mudanças de sentido também nas imediações do Welcome, na Avenida São Jerônimo, e na Avenida Antonio Pinto Duarte, Portal da cidade. As melhorias visam permitir deslocamentos mais rápidos e seguros no trânsito”.

De acordo com o representante da Tranzum, Alexandre Zum, os estudos para a implantação das mudanças de trânsito foram feitos baseados no mapeamento dos pontos críticos, contagem de veículos, pesquisa de velocidade e retardamento por GPS, reprogramação semafórica, planejamento e desenvolvimento do software de trânsito e simulações.

“Com o novo planejamento, será possível ampliar a capacidade viária, que hoje está no limite. Será uma nova Americana. As alterações terão grande impacto na melhoria da qualidade de vida da população, com expectativa de garantia de um trânsito muito bom e por muito tempo”, afirmou Alexandre. 

VIADUTO AMADEU ELIAS

Na proposta final, o viaduto Amadeu Elias terá sentido único de direção (sentido Centro-bairro). Os motoristas que seguem pela Avenida Brasil, sentido viaduto, também terão a opção para convergir à esquerda na Fernando Camargo, sentido calçadão, que hoje é proibido. Quem seguir pela Rua Rio Branco (em direção ao viaduto) também terá a opção de convergir à direita, na Rua Dom Pedro II, que passará a ter mão única sentido Centro-SP-304.

O estudo apontou que a capacidade de tráfego no local está no limite, chegando até 1.100 veículos por dia no horário de pico, sendo que o máximo viável seria de 1.200. “Foram feitos estudos em mais de 20 cruzamentos na cidade que apontaram os pontos críticos e o viaduto Amadeu Elias está com a capacidade estrangulada. Com as intervenções a capacidade viária será dobrada”, disse Alexandre.

CORREDOR METROPOLITANO

As mudanças que ocorrerem na rota do Corredor Metropolitano serão promovidas em parceria com a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos). Os motoristas que acessarem o corredor, sentido Nova Odessa-Americana, seguirá pela Rua Cabo Osvaldo de Moraes até a Avenida Abdo Najar, Rua Ari Meirelles, Fernando Camargo, Washington Luis e Antonio Lobo. Serão implantados semáforos na Cabo Osvaldo de Moraes, Abdo Najar e a Rua Duque de Caxias será permitida a conversão na Abdo Najar.

Outras intervenções serão promovidas nas imediações do Welcome Center, na Avenida São Jerônimo e Nove de Julho.


PORTAL

Já no Portal de entrada da cidade, na Antonio Pinto Duarte, o prefeito solicitou uma atenção especial. O estudo ainda não está concluído, mas haverá uma “requalificação total”,  com a implantação de dois semáforos, intervenções na Rua João Truzzi e Avenida Unitika, aumentando a capacidade de tráfego em mais de 150% e redução do tempo de percurso aos motoristas, segundo a empresa Tranzum.

A empresa Tranzum foi contratada para a elaboração dos estudos, por meio de contrapartida das empresas Sega e MRV que têm empreendimentos na cidade. Também participaram da apresentação do estudo secretários municipais, vereadores, equipes da Unidade de Transportes e Sistema Viário e de Planejamento da prefeitura, entre outros convidados.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018