02/02/2018 às 15h26min - Atualizada em 02/02/2018 às 15h26min

"Virou ponto turístico", diz moradora em novo vídeo sobre ratos ao lado da Rodoviária de Americana; veja o vídeo

Ela mostra que ainda há roedores no local após instalação de contêineres; prefeitura destaca que já aplicou veneno e que o efeito é gradativo

Rodrigo Pereira - rodrigo.pereira@portalatualidade.com.br
Redação
Biologicamente há dificuldades para o extermínio, diz prefeitura. Foto: Reprodução
A infestação de ratos nas proximidades de uma área de descarte de lixo ao lado do Terminal Rodoviário Francisco Luiz Bendilatti, em Americana, continua tendo repercussão nas redes sociais. Em um novo vídeo feito divulgado no Facebook, uma moradora faz piada com a situação e aponta que mesmo após a instalação de dois contêineres no local ainda há roedores na área. Conforme a prefeitura comunicou ontem (1º), já foi aplicado veneno no local, mas o efeito é gradativo. 

No primeiro vídeo onde foi mostrada a situação, era possível ver dezenas de ratos entre uma árvore e um local onde sacos e caixas com lixos eram deixados no chão, perto do acesso superior da rodoviária. No mesmo dia em que foi divulgada a filmagem, a prefeitura informou que providenciaria contêineres e que a Vigilância Sanitária resolveria a situação.

"Taí óh. Dizem que tinham arrumado uma solução. Se bem que eu não to vendo solução aí. Óh os bonitinhos aí. Essa é a solução que eles disseram que arrumou (sic). Dois contêineres de lixo, mas eles (roedores) continuam dando o ar da graça. É o novo ponto turístico de Americana (...) Os camundongos aventureiros", afirmou a moradora A Vigilância Sanitária da Prefeitura de Americana começou nesta quinta-feira (1/2) a aplicação do veneno para desratização dos roedores que estão aglomerados embaixo da árvore localizada na Rua Ítalo Boschiero, próximo ao Terminal Rodoviário Francisco Luiz Bendilatti, no Bairro Campo Limpo.




Os dois contêineres instalados foram doados pela MB, empresa responsável pela coleta de lixos em Americana, na terça-feira (30). "A Vigilância, que trabalha por meio do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), foi até o local na segunda-feira (28) para verificar qual procedimento iria ser adotado para conter a infestação dos ratos e então, foi solicitada a compra de três tipos de venenos: pó, granulado e parafina. Por conta das chuvas nos últimos dias, foi escolhida a aplicação do veneno de parafina e o Centro vai realizar visitas semanais, para monitoramento e avaliação sobre o consumo do raticida e resposta sobre a atuação do produto. De acordo com o CCZ, este processo é gradual, já que biologicamente há dificuldades para o extermínio, pois a colônia está estruturada numa hierarquia, primeiramente os ratos periféricos é que irão comer o raticida, depois os chamados 'ratos-alfa' é que terão acesso, esses ratos vivem apenas no interior do abrigo", explicou ontem a administração municipal. A Vigilância Sanitária orientou os moradores a evitarem a passagem próxima ao local em função do veneno e dos ratos. 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018