30/01/2018 às 11h39min - Atualizada em 30/01/2018 às 11h39min

Adolescentes de 15 anos são acusadas de matar ambulante a paulada e facadas, em Sumaré

Cristiane Caldeira - cristiane.caldeira@portalatualidade.com.br
Redação
Foto: GCM de Sumaré
A GCM (Guarda Civil Municipal) de Sumaré apreendeu ontem (29) duas adolescentes de 15 anos, acusadas de matar, a paulada e facadas, um homem de 52 anos, com quem uma delas vivia um relacionamento amoroso. O crime aconteceu na madrugada de sábado para domingo e o corpo da vítima foi encontrado ontem.

De acordo com as informações da GCM, o ambulante João Sousa Guimarães, que trabalhava na Ceasa (Centrais de Abastacimento S/A) de Campinas e morava na região do Matão, discutiu com a adolescente, com quem mantinha um relacionamento há nove meses. Ele tinha terminado o relacionamento e a menor não aceitava. 

A amiga da menor, para defendê-la, golpeou o ambulante com uma paulada na cabeça. Em seguida, a outra desferiu cerca de 15 facadas na vítima. Na sequência, ambas atearam fogo no corpo da vítima. O crime aconteceu na casa do ambulante, onde o corpo foi localizado na tarde de ontem.

As duas adolescentes foram levadas à delegacia, onde foram ouvidas pela autoridade policial e entregues aos responsáveis. As duas responderão pelo homicídio em inquérito policial.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018