19/01/2018 às 17h53min - Atualizada em 19/01/2018 às 17h53min

Após caso suspeito e filas, Prefeitura de Americana dobra número de postos de vacinação contra febre amarela

Paciente que pode ter contraído a doença tem 25 anos e já recebeu alta; serão disponibilizadas doses em dez unidades

Rodrigo Pereira - rodrigo.pereira@portalatualidade.com.br
Redação
Senhas para aplicação das vacinas vinham se esgotando ainda de madrugada. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Americana comunicou que registrou um caso importado suspeito de febre amarela e dengue.Trata-se de um rapaz de 25 anos, morador do Vale das Nogueiras, que deu entrada no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi no dia 13 de dezembro e recebeu alta médica ontem (18). A administração também comunicou hoje (19) que vai ampliar o número de postos de vacinação de cinco para dez. Nesta semana, filas dep essoas em busca de doses vinham se formando já de madrugada nos postos de saúde.

De acordo com o Executivo, o rapaz viajou no dia 20 de dezembro para Nova Esperança (PR), 30 de dezembro para Botucatu (SP) e 1º de janeiro para o Paraguai. No dia 12 de janeiro começou apresentar febre, dor muscular, náuseas, vômitos e dor de cabeça. A Vigilância Epidemiológica aguarda o resultado de ambos os exames, que deve sair dentro de aproximadamente 20 dias. Além desse, nenhum outro caso suspeito foi notificado, acrescentou a prefeitura.

VACINAÇÃO

A Secretaria de Saúde de Americana irá ampliar, a partir da segunda-feira (22), os locais de vacinação, passando de cinco para dez UBSs (Unidade Básica de Saúde) que disponibilizarão o imunizante. Conforme o Portal Atualidade mostrou ontem (18), filas vinham se formando de madrugada em frente aos postos de saúde. Houve relatos de que as senhas acabavam ainda de madrugada e de espera de até quatro horas e meia. 

O horário também foi alterado. Além das 7h30, também foi ampliado para 12h30 o início da distribuição das senhas durante a semana, exceto às segundas-feiras, em que a vacina estará disponível apenas no horário da manhã, porém, agora em duas unidades. O número de senhas continuará o mesmo, ou seja, 100 senhas individuais.

A secretaria também passará a exigir comprovante de residência para a vacinação. Além do comprovante, o usuário também deverá apresentar um documento de identificação e a carteira de vacinação.

“Essa medida foi necessária, já que a capacidade instalada, número de doses de vacina e quantidade de recursos humanos são suficientes para atender apenas os usuários residentes no município. A possibilidade só se deu em função da obtenção de mais doses por meio da Vigilância Epidemiológica”, acrescentou a assessoria de imprensa do Executivo.

Abaixo, o novo esquema para a vacinação:

 

DIA

Manhã (a partir das 7h30)

Tarde (a partir das 12h30)

Segunda

Jd. São Paulo – Rua das Poncianas, 900

 

ESF Jaguari – Rua Lupicínio Rodrigues, 165

 

7h30

Não haverá

Terça

São Domingos – Rua Salvador Giordano, 320

 

7h30

Mathiensen – Rua das Alfazemas, 316

 

12h30

Quarta

São Vito – Rua Chucri Zogbi, 540

 

7h30

São José (Região da Praia Azul) – Rua Agostinho Turrão, 150

 

12h30

Quinta

Jardim Ipiranga – Rua Itambé, 236

 

7h30

Res. Mário Covas – Rua da Aliança, 648

 

12h30

Sexta

Jd. Brasil – Rua Benedito Ap. Bertossi, 480

 

7h30

Parque das Nações – Rua Austrália, 301

 

12h30


 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018