19/01/2018 às 11h10min - Atualizada em 19/01/2018 às 11h10min

Procon aponta variação de 287,5% em valor de material escolar em Americana

Maior variação ocorreu nos valores da cola bastão, de acordo com o órgão de Fundação de Defesa e Proteção ao Consumidor

Rodrigo Pereira - rodrigo.pereira@portalatualidade.com.br
Redação
Para realizar a pesquisa, o Procon de Americana entrou em contato com seis papelarias da cidade. Foto: Divulgação
O Procon (Fundação de Defesa e Proteção ao Consumidor) de Americana fez uma pesquisa de materiais escolares em seis papelarias diferentes da cidade. A maior variação de preço foi encontrada na cola de bastão, com variação de 287,5%, segundo a entidade.

A cola bastão de 10 gramas teve menor preço na Papelaria Alfa, onde custa
R$ 0,80, e maior na Papelaria Suzigan, onde o valor divulgado foi de R$ 3.10. Para a pesquisa, os estabelecimentos comerciais divulgaram os produtos com menor valor disponível da categoria.  

A segunda mercadoria que sofreu a maior variação foi o apontador de lápis simples com depósito plástico. O menor preço foi R$ 0.95, também na Papelaria Alfa e o maior preço apontado foi de R$ 3.50 na J. Marsil Bazar e Papelaria, ainda conforme o Procon.

Já o produto que teve a menor variação foi o cento do Papel Sulfite 0,75 gramas (215x315mm) com 27,4% de diferença. O menor valor divulgado foi de R$ 5.10 na Papelaria Suzigan e o maior, R$ 6.50, na Derli Papelaria, apontou o órgão. 
 
PESQUISA
Para realizar a pesquisa, o Procon de Americana entrou em contato com seis papelarias da cidade: Papelaria Suzigan, Derli Papelaria, J. Marsil Bazar e Papelaria, Nova Cor Papelaria, Papelaria Avenida e Papelaria Alfa. Foram pesquisadas 18 categorias e entre os itens estão: lápis preto, lápis de cor (12 e 24 cores), caneta hidrográfica, caneta esferográfica, apontador de lápis, borracha, cola bastão, cola lavável, régua, tesoura, papel sulfite, cadernos e pasta com elástico. 

O órgão orienta os consumidores a pesquisarem nas papelarias os materiais necessários e ficar atento, também, a distância de cada papelaria. 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018