11/01/2018 às 18h37min - Atualizada em 11/01/2018 às 18h37min

Indiciados por furto a obra pública, pai e filho alegam que construiriam parque infantil

Eles são acusados de furtar cerca de 200 pisos de concreto da obra do Corredor Metropolitano, em Santa Bárbara, e alegam que usariam material para revitalizar área de preservação ambiental

Rodrigo Pereira - rodrigo.pereira@portalatualidade.com.br
Redação
Indiciados disseram que já tinham feito quatro viagens de pisos, segundo a Guarda Municipal. FOTO: Reprodução | Google Maps
Um homem de 42 anos e seu filho, de 24, foram indiciados pela Polícia Civil de Santa Bárbara d'Oeste sob acusação de furto a cerca de 200 caixas de pisos de concreto da obra do Corredor Metropolitano Vereador Biléo Soares, na Avenida São Paulo. Eles alegaram que iriam utilizar o material para a revitalização de uma APP (área de preservação ambiental) e construção de um parque infantil no local. O caso ocorreu às 23h30 de ontem (10).

Guardas municiais relataram em BO (boletim de ocorrência) que receberam informações de que dois indivíduos estariam furtando pisos de concreto da obra do Corredor e os levavam em um Gol preto ao Parque Zabani. Os patrulheiros narraram que, no bairro, se depararam com o veículo na Rua Plácido Ribeiro Ferreira, altura do número 37, onde puderam surpreender os acusados descarregando os pisos. 

Questionados, eles alegaram que esta seria a quarta viagem do dia e que eles estariam usando o material para revitalizar uma APP de frente à residência deles, ainda conforme o BO. O local engloba a mata ciliar de um córrego e o objetivo era construir um parque para crianças brincarem, alegaram os suspeitos, de acordo o registro policial. Os patrulheiros descreveram ainda que no local há "farta quantidade" de pisos, em torno de 200 unidades, e que seria impossível de imediato removê-los para contagem e apreensão. 

O delegado Gelson Barreto interpretou que houve "razão de dolo de apropriação", ressaltando também a ocorrência furto "de forma continuada" e possível prejuízo à empresa responsável pelo corredor. No entanto, decidiu liberar a dupla, que vai responder a inquérito policial por furto qualificado.

Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018