02/01/2018 às 20h00min - Atualizada em 02/01/2018 às 20h00min

Cachorros ficam feridos durante queimas de fogos na região

Em ONG de Sumaré, foi necessário usar faixa e calmantes; em Campinas, cadela estourou vidro de porta e rompeu ligamentos e uma artéria

Rodrigo Pereira
Redação
Foto: Reprodução | Facebook
Animais de região ficaram feridos durante as queimas de fogos do final de ano. A ONG (Organização Não Governamental) Vira Latinhas de Sumaré teve transtornos com os mais de 40 bichos que abriga. Em Campinas, uma cadela teve cortes profundos nas patas e uma artéria rompida. 

A proprietária da ONG, Maria da Conceição Suguihara, relatou que teve de ficar na entidade para tentar controlar a situação. "Meus animais ficaram transtornados, brigaram, usei as faixas e calmantes, mas mesmo assim tive muitas dificuldades. Não pude sair, fiquei com eles, pois hoje são mais de 40 animais", relatou. Apesar do susto, nenhum dos ferimentos foi grave.

Já em Campinas, um acidente ocorreu antes mesmo da noite da virada, na última sexta-feira, quando uma cadela foi deixada sozinha em casa por cerca de de duas horas e meia. A dona relatou no Facebook que a cadela Milka, que pesa 20 quilos, ficou tão desesperada com a chuva e fogos que quebrou o vidro inferior da porta e se espremeu em um buraco de 14 por 30 centímetros. "Teve cortes tão profundos na patinha dianteira esquerda que rompeu todos os ligamentos e uma artéria. Rompeu um ligamento na pata direita. Teve inúmeros cortes no rosto e na boca. Se meu irmão não tivesse chegado, estaria morta. Segue internada", relatou Raquel Nogueira Dias. 

Ela explicou que decidiu fazer a publicação para servir como alerta. "Animais se cortam e sangram até morrer, como quase aconteceu com a ela. Outros se enforcam em cercas, pulam de janelas, infartam!!!!! A beleza dos fogos NÃO justifica tanto sofrimento!!! Sejamos menos egoístas! NÃO SOLTEM FOGOS!!!!!", pediu Raquel. A postagem teve cinco mil reações, mil comentários e 224 compartilhamentos até o final da tarde dessa terça-feira (2). 
 
MOBILIZAÇÃO
Prefeituras cancelaram os eventos pirotécnicos em cidades como Monte Sião, Jaguariúna e Itapira, em solidariedade ao apelo de entidades de proteção animal.

No Senado, uma consulta pública sobre a proibição de uso de fogos de artifício com ruídos recebeu apoio necessário para se tornar uma Sugestão Legislativa e ser debatida pelos senadores. A proposta precisava de 20 mil apoios e possuía 33,8 mil ontem.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018