08/11/2017 às 18h49min - Atualizada em 08/11/2017 às 18h49min

HC da Unicamp diz que falso médico de Americana não chegou a atender pacientes

Cristiane Caldeira
Redação
Foto: Divulgação
A superintendência do HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) realizou hoje (08) a primeira reunião para esclarecimentos do caso do falso médico detido ontem no alojamento da unidade de saúde. Segundo nota oficial divulgada, levantamento preliminar aponta que o ex-estudante de Fisioterapia Vitor Sabino Nunes, 19, morador de Americana, não chegou a atender nenhum paciente.

De acordo com as informações divulgadas pela Assessoria de Imprensa do HC, outra informação apurada preliminarmente é que a de Vitor era como fisioterapeuta. A receita emitida por ele usando carimbo de um médico residente que tinha o mesmo nome teria sido dada a um funcionário do HC que, desconfiado, não chegou a comprar o medicamento.

Segundo a assessoria, nesta tarde continuam as reuniões com outras áreas do hospital, mas está definido, de imediato, novas medidas de segurança nos acessos das portarias do hospital. Uma delas seria o uso de biometria para entrada de funcionários. O HC informou também que o crachá usado por Vitor para ter acesso ao hospital tinha sido roubado e que caberá à polícia esclarecer as circunstâncias.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018