17/10/2017 às 22h29min - Atualizada em 17/10/2017 às 22h29min

​Secretário de Omar é agredido por ex-permissionário do aeroporto

Cristiane Caldeira
Redação
Foto: Divulgação
O secretário de Planejamento da Prefeitura de Americana, Claudio Amarante, foi agredido na tarde de hoje (17) por um ex-permissionário do restaurante do Aeroporto Municipal. Ele foi atacado com um bastão de madeira depois que o acusado bateu propositadamente em seu carro na Avenida Brasil e desceu do veículo para verificar o ocorrido.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Delegacia Seccional de Americana, o autor da agressão seria o comerciante Fabio de Carvalho Villa Nova, 43.

Amarante relatou aos policiais que há dois dias o comerciante foi visto rondando o Paço Municipal, fato este testemunhado pelo secretário de Governo, Junior Barros, e pelo sub-secretário Robson Lozano. Villa Nova estaria tentando contato com ele há um tempo com o objetivo de reaver a permissão do restaurante.

Na tarde de hoje, o secretário saiu com seu carro do Paço Municipal por volta das 12h40 em direção à sua residência quando, na altura do semáforo do Clube do Bosque, na Avenida Brasil, teve seu carro resvalado na traseira. Ao descer para verificar o que tinha acontecido, Amarante disse que foi surpreendido pelo comerciante, que o golpeou com o bastão. O secretário passou por exame de corpo delito no IML (Instituto Médico Legal) e foi orientado quanto ao prazo de representação contra o agressor na Justiça.

Em nota, a Prefeitura de Americana lamentou a agressão ao secretário. "Ele foi covardemente atacado por um ex-permissionário do restaurante do Aeroporto Municipal que teve sua concessão retirada. O autor da ação foi visto circulando no Paço em atitude suspeita nos últimos dias e chegou a fazer ameaças veladas a servidores municipais. A atitude feriu não só ao secretário, mas a todo o serviço público municipal. Esperamos que as autoridades solucionem este caso."

Amarante disse ao Portal Atualidade que o comerciante perdeu a permissão em 2014, quando ele ainda não era secretário, e que não sabe explicar o motivo da perseguição e consequente agressão. Disse também que o processo para permissões do Aeroporto Municipal são de competência da Secretaria de Obras e não de sua pasta. A reportagem não conseguiu contato com o acusado para ouvir suas alegações
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018