10/09/2017 às 14h57min - Atualizada em 10/09/2017 às 14h57min

Prefeito Omar Najar define ações de prevenção a maculosa

Fernanda Nastrini
Redação
Para combater e prevenir os casos de febre maculosa, o prefeito de Americana, Omar Najar, esteve reunido com secretários e membros da Secretaria da Saúde para iniciar uma ação de amplificação do combate ao carrapato estrela, transmissor da febre maculosa, na cidade. Além de cobrar que haja uma revisão dos pontos de risco de contaminação, para que se reforce a sinalização, e as informações sobre prevenção o prefeito pediu maior divulgação e atenção redobrada para evitar que haja novos acidentes. Há 15 pontos de risco na cidade, que são lugares em que é comum a circulação de capivaras, principais portadoras dos carrapatos.

As determinações do chefe do Executivo engloba:  redução da vegetação em áreas de risco e de captura de escorpiões, com posterior envio para análise laboratorial – que deve identificar se portam a bactéria transmissora da doença. Caberá ao órgão indicar as ações mais efetivas e possíveis de serem tomadas a partir da solicitação oficial do município. 

 Confira as áreas de risco para o carrapato estrela: 

 Área da Carioba (pesqueiros do Rio Piracicaba, próximos ao Parque Têxtil da Rua Carioba);
Área da Casa de Cultura Herman Müller (mata ciliar adjacente ao Ribeirão Quilombo);
Área do Rio Jaguari (Região Pós-Represa do Salto Grande / chácaras nas proximidades da Colônia Agrícola do Sobrado Velho);
Área do Museu Histórico (pesqueiros na confluência dos Rios Atibaia e Jaguari);
Área do Assentamento Milton Santos (matas ciliares do Rio Jaguari e Córrego Jacutinga); 
Área da Ponte do Rio Piracicaba / Rodovia Anhanguera (pesqueiros locais);
Área do Rio Piracicaba (pesqueiros na proximidade do Centro de Detenção Provisória de Americana);
Área da Represa do Jardim Imperador (Área do Portal dos Nobres);
Área da Praia dos Namorados (orla da Represa do Salto Grande);
 Área do Bairro Mirandola (pastos e matas periféricas);
Área da Praia do Zanaga (braço da Represa do Salto Grande entre os Bairros do Zanaga e Vale das Nogueiras); 
Área da Usina da CPFL (Represa do Salto Grande);
Área da Praia Azul (orla da Represa do Salto Grande);
Área do Ribeirão Quilombo (toda a extensão);
Área Verde do Parque Nova Carioba (mata ciliar do Córrego Bertini).
 
A Secretaria de Saúde pede aos munícipes para que evitem as áreas de risco, entretanto, caso seja necessária a frequência nestes locais, é importante tomar os seguintes cuidados, como :Utilizar roupas claras porque facilitam a visualização dos carrapatos; colocar a barra das calças dentro das meias e calçar botas de cano alto; examinar o corpo cuidadosamente a cada três horas pelo menos, porque esses carrapatos transmitem a bactéria causadora da Febre Maculosa, depois de algumas horas após a picada na pele; tenha cuidado ao retirar o carrapato que estiver grudado à pele, fazendo-o mediante uma leve torção e se em um período de 2 a 14 dias após frequentar estes locais, o indivíduo apresentar febre alta, dores no corpo, dores de cabeça, calafrios e manchas avermelhadas na pele, deverá procurar imediatamente o serviço de saúde e no momento da consulta informar ao médico sobre o contato com carrapatos.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018