26/06/2024 às 07h53min - Atualizada em 26/06/2024 às 07h53min

Após mais de 40 anos sem reforma, prefeito Chico inaugura nova Maternidade do Hospital Municipal de Americana

Redação
Divulgação



O prefeito Chico Sardelli inaugurou a nova Maternidade do Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi na noite desta terça-feira (25). Referência no atendimento em saúde pública para gestantes em Americana, o espaço passou pela primeira grande reforma desde que o hospital entrou em funcionamento, em 1982. A ala da Maternidade agora está repaginada, moderna, confortável e humanizada para acolher gestantes e recém-nascidos. Esta é a 22ª obra entregue desde 2021 na área da Saúde no município.

"Desde o primeiro momento em que discutimos a reforma da Maternidade não tive dúvidas sobre a necessidade de dar tranquilidade, carinho, amor e humanização às gestantes da nossa cidade. Essa obra, além da questão material, tem um simbolismo muito grande, de vontade de poder realizar os compromissos que firmamos com a população de Americana", celebrou o prefeito Chico.

Com 620 metros quadrados, a nova Maternidade passa a contar com dois quartos PPP (pré-parto, parto e puerpério). Cada um deles possui uma cama especial, versátil e com diferentes configurações de montagem, e uma banheira para auxiliar o trabalho de parto. Além deles, no total são sete quartos, com 22 leitos, todos climatizados e com TV, dois novos consultórios para o atendimento de demandas obstétricas de urgência, acompanhamento de bebês prematuros, orientações de banho do neném e uma sala de triagem neonatal, onde serão realizados o teste do pezinho e a aplicação da vacina BCG.

"Há 40 anos essa ala não recebia uma reforma e agora entregamos uma remodelação completa. Como é bom a gente saber que as gestantes vão ter mais conforto, humanização e, principalmente, o respeito que elas necessitam", declarou o vice-prefeito Odir Demarchi.

A ala ainda conta com postos de enfermagem, sala de espera, sala de exames e curativos, sala dos médicos, sala de monitoragem, jardim terapêutico, espaço para tirar fotos de lembrança, sanitários e depósito de material de limpeza.

"A Maternidade ficou linda e funcional. Este espaço respeita a autonomia da mulher. A mulher escolhe quem ela quer que a acompanhe nos três momentos, no pré, no parto e no pós-parto. Ela vai escolher o tipo de parto que ela quer, como ela quer que o bebê seja chamado", disse o secretário de Saúde, Danilo Carvalho Oliveira, ao se referir ao protocolo da Maternidade, recentemente elaborado.

A reforma também contemplou a troca completa de esquadrias e vidros, serviços de serralheria, marcenaria, pintura total da área, substituição de toda a instalação elétrica, colocação de piso vinílico, instalação de equipamentos de ar-condicionado em todos os quartos e setores, reconstrução da parte hidráulica e instalação de tubulação para a nova linha/rede de gases. 

"Não é só um ambiente físico bonito, limpo e novo, mas um local principalmente humanizado. Isso foi a coisa mais importante que o secretário Danilo me falou: 'Eu não quero só reforma, eu quero que essa Maternidade se transforme num lugar humanizado, que as mães possam ter seus filhos num ambiente acolhedor'" afirmou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Lionela Ravera Sardelli.

"A Maternidade tinha um cenário muito distante do necessário para as gestantes da nossa cidade, e só uma figura preparada para transformar essa realidade e pensar nas pessoas que mais precisam, como o Chico, poderia fazer o que foi feito aqui", ressaltou o presidente da Câmara Municipal, Thiago Brochi.

O investimento total na nova Maternidade foi de R$ 2,8 milhões, sendo R$ 1 milhão de emenda parlamentar do deputado estadual Alex de Madureira, intermediada por Brochi, R$ 300 mil de emenda parlamentar do deputado federal Carlos Zarattini, intermediada pela vereadora Professora Juliana, e R$ 1,5 milhão da Secretaria Municipal de Saúde, já previstos no contrato inicial com a organização social Santa Casa de Misericórdia de Chavantes (SCMC), que administra o HM por meio de gestão compartilhada com a Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Americana.

"Para nós é um grande orgulho estar fazendo parte dessa reforma. A nova Maternidade vai oferecer maior conforto, mais humanização, um espaço mais amplo e acolhedor para as gestantes. É muito satisfatório para toda nossa equipe contribuir para isso, para uma medicina mais humanizada e de melhor qualidade" destacou o presidente da SCMC, Anis Ghattás Mitri Filho.

    


Notícias Relacionadas »
Comentários »