20/03/2017 às 14h57min - Atualizada em 20/03/2017 às 14h57min

Truques e novidades auxiliam no transporte dos bichinhos de estimação

Mudança de ambiente pode ser angustiante para os felinos

Redação
Reprodução

A mudança de ambiente é um tanto estressante para os felinos. Transportar o gato até o veterinário ou mesmo seguir viagem em uma caixa de transporte são situações desafiadoras para os tutores desse bichinho. Ao esfregarem a cabeça e o corpo em objetos como móveis, paredes e cortinas, os gatos liberam, um odor facial natural que serve para o reconhecimento do local e transmite a sensação de conforto e segurança. “Ao mudar de ambiente, o gato perde todos esses sinais e isso gera desconforto e insegurança”, comenta a Médica Veterinária Priscila Brabec.

 

Alguns cuidados podem ajudar a diminuir a sensação de desconforto do pet. A caixa de transporte, por exemplo, precisa fazer parte da rotina do animal. “O ideal é que objeto fique no ambiente do gato e o tutor incentive o uso da caixa como uma caminha, por exemplo, agradando o gato com petisco ou brincadeiras. Assim, o felino irá associar o item a uma coisa boa e ficará mais fácil transportá-lo quando necessário”, explica Priscila.

 

Em passeios mais longos, o fornecimento de alimento deve ser reduzido. Para as necessidades fisiológicas do animal, é necessário colocar tapetes absorventes dentro da caixa de transporte, que devem ser trocados sempre que utilizados.

Durante a viagem, é importante que o animal esteja confortável, uma dica é colocar um cobertor na caixa.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018