10/06/2017 às 09h42min - Atualizada em 10/06/2017 às 09h42min

Prefeitura mantém 90% dos custos de cada paciente SUS

Redação
Internet

Cada munícipe atendido na rede pública de Saúde de Nova Odessa custa cerca de R$ 70,04 aos cofres públicos da Prefeitura. O dado foi apresentado em Audiência Pública da Saúde pelo secretário da Pasta, Vanderlei Cocato. Segundo ele, no primeiro quadrimestre deste ano 230.797 pessoas foram atendidas na rede pública de saúde do Município.
 
"Fizemos um levantamento detalhado que apontou que no primeiro quadrimestre deste ano cada paciente custou R$ 70,04 ao município. No mesmo período, recebemos cerca de R$ 1,5 milhão proveniente de repasses de verbas estadual e federal. Se considerarmos o número de pessoas atendidas, com estes repasses conseguimos pagar R$ 6,77 do total gasto com cada paciente. O restante foi custeado com recursos próprios", disse o secretário.
 
Cocato afirmou que o valor gasto com cada paciente é alto, no entanto, ressaltou ser um investimento necessário. "Nesse valor temos toda nossa estrutura de profissionais, procedimentos e medicamentos, entre outros itens. É um valor que estamos investindo em saúde, então é válido", afirmou.
 
Segundo ele, a despesa total com a Saúde nos quatro primeiros meses deste ano foi de R$ 16.165.753,22, enquanto o repasse fundo a fundo, de convênios Estadual e Federal, foi de R$ 1.564.676,06. Ele destacou, ainda, que o número total de pacientes atendidos no primeiro quadrimestre refere-se a pessoas que passaram por atendimentos tanto no pronto socorro do Hospital e Maternidade Municipal Dr. Acílio Carreon Garcia quanto Caps (Centro de Atenção Psicossocial), postos de saúde, Farmácia Central, entre outros setores da rede pública de saúde.
 
O secretário ressaltou, porém, que tem buscado maneiras de ampliar o valor dos repasses e investimentos recebidos.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018