09/06/2017 às 11h01min - Atualizada em 09/06/2017 às 11h01min

Costureira morre sem vaga em Hospital

Costureira não suportou esperar a liberação de vaga em um hospital da região

Redação
Divulgação/Internet

Madalena da Silva Souza Castro, 58, Costureira, não suportou esperar a liberação de vaga em um hospital da região. Madalena aguardava internada no Pronto-Socorro da Unidade Modular Dr. Afonso Ramos desde sábado (03) e faleceu hoje (09) pela manhã..

Na tarde de ontem (08), a Secretaria de Saúde, por meio de assessoria de imprensa, informou que a transferência ao Hospital Santa Bárbara foi solicitada. "O pedido é monitorado e reiterado constantemente pela pasta. No período em que está no PS, a paciente é devidamente atendida conforme por toda a equipe médica".

Moradora do Bairro Cidade Nova, a costureira era querida na vizinhaça e estava com Hepatite, e nos ultimos dias respira com o auxilio de aparelho.

Procurada pela reportagem, a assessoria de Imprensa da Prefeitura eviou nota para esclarescer que
"A Secretaria de Saúde informa que a paciente deu entrada no PS Afonso Ramos, foi atendida, medicada, passou por exames e a transferência para o Hospital Santa Bárbara foi solicitada.

Enquanto a transferência não ocorria, o pedido era monitorado e reiterado constantemente pela Secretaria de Saúde.

No PS, a paciente foi devidamente atendida pela equipe médica o tempo todo.

Na noite de quinta-feira a vaga no Hospital Santa Bárbara foi liberada. Porém, a equipe médica verificou que não era possível a transferência do PS ao Hospital, já que a paciente não apresentava estabilidade em seu estado de saúde.

O atendimento no PS continuou seguindo os protocolos médicos. Entretanto, infelizmente, a paciente veio a óbito na manhã desta sexta-feira", trouxe a nota.

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018