07/06/2017 às 06h30min - Atualizada em 07/06/2017 às 06h30min

Poupança registra mais depósitos que saques em maio

Internet
Banco Central registra que os brasileiros depositaram mais do que sacaram na poupança, no mês de maio, após um período de cinco meses com mais retirada de dinheiro da conta. No mês passado, a captação líquida (depósitos menos retiradas) somou R$ 292,6 milhões, segundo o BC. Desde dezembro do ano passado, a aplicação não registrava entrada líquida de recursos.

Para meses de maio, foi a primeira vez desde 2014 que o Banco Central registrou mais ingressos que retiradas de recursos. Em maio daquele ano, a captação líquida tinha somado R$ 2,27 bilhões. Com o início da crise econômica, a caderneta registrou retirada líquida de R$ 3,2 bilhões em maio de 2015 e de R$ 6,59 bilhões em maio do ano passado.

Apesar do desempenho positivo em maio, as retiradas continuam maiores que os depósitos no acumulado do ano. Nos cinco primeiros meses de 2017, a caderneta de poupança registrou retiradas líquidas de R$ 18,38 bilhões, perda de recursos menor que os R$ 38,89 bilhões registrados no mesmo período do ano passado.

Desde o início da recessão econômica, em 2015, os investidores têm retirado dinheiro da caderneta para cobrir dívidas, em um cenário de queda da renda e de aumento de desemprego.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018