06/06/2017 às 16h48min - Atualizada em 06/06/2017 às 16h48min

​Terceirização da Saúde é aprovada com três votos contrários

Redação
Divulgação
Incluído na Ordem do Dia e com emenda, os vereadores de Santa Bárbara d’ Oeste, aprovaram o Projeto de Lei 60/2017, de autoria do Poder Executivo, que autoriza a terceirização do gerenciamento do Pronto Socorro Dr. Afonso Ramos, na Zona Leste da cidade. O placar de votação foi de 15 votos favoráveis a três votos contrários, sendo dos vereadores Paulo Monaro (SD), Gustavo Bagnoli (DEM) e Antonio Carlos Ribeiro, o Carlão Motorista (PDT).

A emenda de autoria do vereador Dr. José altera o artigo 3º da lei, e estabelece que o conselho de Administração deverá ser composto por 55% de membros de associações civis e 35% de membros eleitos  com formações nas áreas de saúde, administração , contábil, direito e economia. Ainda de acordo com a proposta apresentada, a execução do contrato deverá ser fiscalizada pela Secretaria Municipal de Saúde juntamente com a Câmara Municipal e Tribunal de Contas.

Durante a discussão do projeto, Monaro explicou que seu voto contrário se dá pela pressa da Administração Municipal em aprovar a matéria. “A proposta da emenda do vereador Dr. José dá maior controle a comissão para poder fiscalizar a OS, pois a proposta do Executivo vai mexer com toda estrutura do Afonso Ramos, serão transferidos 85% dos funcionários, sem contar que o impacto financeiro será irrisório (2%), segundo a própria Secretária da Fazenda”, destacou Monaro.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018