18/06/2021 às 11h21min - Atualizada em 18/06/2021 às 11h21min

Thiago Brochi quer cassar alvará de casas noturnas que promoverem aglomeração

Amanda Sabino
Claudeci Júnior/Câmara de Americana

Indignado com as frequentes aglomerações promovidas por casas noturnas de Americana nos últimos dias e, consequentemente, com o descaso por parte da prefeitura, que não adotou medidas mais severas para solucionar o problema, o vereador e líder de governo na câmara, Thiago Brochi (PSDB), quer cassar os alvarás de funcionamento e aplicar multas para as casas noturnas que descumprirem o Plano São Paulo e funcionarem depois das 21 horas. 



Nas últimas semanas circularam nas redes sociais vídeos de festas com aglomerações em casas noturnas da cidade, além das pessoas não usarem  máscaras de proteção.


Segundo Brochi, na próxima semana ele apresentará um projeto de lei, para ser votado em regime de urgência especial que visa cassar o alvará de funcionamento desses estabelecimentos, além de propor uma força-tarefa na fiscalização das casas noturnas e locais de aglomeração pela Guarda Municipal de Americana (Gama), Vigilância Sanitária e Polícia Militar.


“Tem gente em Americana que está brincando, que é o Trips 193 e o The Farm. Não pode acontecer o que está acontecendo, é crime! Todos os dias nós estamos vendo a situação do hospital. Chegamos a 152% de ocupação. Fica minha sugestão aqui. Está na hora de fazer um mutirão de fiscalização. Eu sei que não temos número de fiscais suficientes, mas está na hora de organizar um mutirão e vai funcionar, porque se bater todo final de semana nos lugares marcados, a gente vai conseguir avançar, porque, se não, a gente vai continuar lotando hospital, espalhando o vírus. Precisa do teste rápido urgente aqui em Americana, mas, mais do que isso, é inibir, enfrentar essas festas que estão acontecendo de 300, 500, 600 pessoas e os proprietários estão, neste momento, pensando apenas em ganhar dinheiro e estou pensando na vida”, frisou Brochi.


De acordo com o vereador, o projeto de lei também vai penalizar com multa os estabelecimentos que descumprirem as regras do Plano São Paulo. “Eles passaram do limite. Estão dando um tapa na cara dos americanenses e a gente não pode ficar sofrendo com isso, lotando o hospital e depois sair brigando para ver quem vai usar um respirador. Não dá. A gente está em estado de guerra. Passou de todos os limites. Eu queria que esses dois proprietários de casas noturnas tivessem consciência do que eles fizeram e do que estão fazendo. Houve um caso de reincidência e nada aconteceu. Tem que cassar o alvará e multa pesada para quem continuar cometendo esse crime em Americana”, finalizou.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018