06/05/2021 às 19h44min - Atualizada em 06/05/2021 às 19h44min

Operação policial na favela do Jacarezinho deixa 25 mortos

Operação ocorreu para apurar suposto aliciamento de menores e sequestro de trens; um policial morreu durante a ação

Redação
Reprodução/Twitter
Uma operação policial na favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, deixou pelo menos 25 pessoas mortas na manhã desta quinta-feira, 6. É a que resultou em mais mortes no Estado, segundo dados do Grupo de Estudos dos Novos Ilegalismos da Universidade Federal Fluminense (Geni-UFF). Diversas fotos da favela, bem como do sangue causado pelos tiroteios (dentro e fora das casas) circularam nas redes sociais nesta quinta-feira (6) e a hashtag #ChacinaDoJacarezinho estava entre os assuntos mais comentados do Twitter. 



Coordenada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), com apoio de outras unidades do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), do Departamento Geral de Polícia da Capital (DGPC) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE),.a operação da Polícia Civil, batizada de Operação Exceptis, ocorreu para apurar o suposto aliciamento de menores e o sequestro de trens da SuperVia pela maior facção do tráfico no Estado, o Comando Vermelho.

Segundo a corporação, a maioria dos mortos eram suspeitos de integrar o tráfico. Um policial morreu durante a ação. André Frias, que integrava a Delegacia de Combate às Drogas, foi baleado na cabeça e chegou a ser socorrido ao Hospital Municipal Salgado Filho, mas não resistiu.

Segundo a Polícia Civil, traficantes estariam aliciando crianças e adolescentes para integrar a facção. Os criminosos, de acordo com a corporação, exploram tráfico de drogas, roubo de cargas e de pessoas, além de homicídios e sequestros de trens da SuperVia, prática que ocorreu em dezembro de 2020 e no mês de abril deste ano.

Veja abaixo uma das fotos que circularam nas redes sociais nesta quinta-feira:





 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018