29/03/2021 às 19h30min - Atualizada em 29/03/2021 às 19h30min

Aluno levou para a escola explosivos caseiros e arma de chumbo escondidos em capa de violão

Redação
Divulgação/Polícia Militar
O adolescente de 13 anos que atirou contra uma funcionária de uma escola particular no bairro Vila Santa Catarina, em Americana, na tarde desta segunda-feira (29) - veja matéria aqui -, entrou no colégio com uma espingarda de chumbo e explosivos caseiros escondidos numa capa de violão. O GATE (Grupo de Ações Táticas Especiais) foi acionado para desarmar um dos explosivos. No momento do ocorrido, havia 15 funcionários e seis alunos no colégio. 



Segundo informações da Polícia Militar, o jovem, que estava uniformizado, atirou contra uma funcionária, mas não houve ferimentos graves; além disso, ele teria tentado tirar a própria vida e teve ferimentos na cabeça. 

Ao todo, foram encontrados dez explosivos caseiros feitos com pólvora, solvente, pregos, parafusos e outros materiais metálicos. Um dos explosivos foi jogado pelo adolescente na diretoria, mas não explodiu.

A polícia fechou a rua do colégio e o adolescente e a funcionária foram socorridos para hospitais particulares da cidade.

O colégio emitiu uma nota sobre o assunto no final da tarde. "O Colégio Salesiano Dom Bosco de Americana informa que nesta tarde houve uma ocorrência com um adolescente no interior do colégio. A polícia já apurou e tomou as devidas providências. Não houve alunos feridos, seguindo procedimentos de segurança todos foram protegidos de imediato", informou a nota.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018