01/06/2017 às 13h27min - Atualizada em 01/06/2017 às 13h27min

Laudo aponta que incêndio no Walmart foi causado por curto circuito

Redação
Internet/EPTV

O incêndio no hipermercado Walmart, em Americana, no dia 22 de fevereiro, foi causado por um curto circuito na parte de trás do estabelecimento, provocado por uma sobrecarga na rede elétrica interna, aponta a perícia concluída pelo Instituto de Criminalística (IC), divulgado na manhã desta quinta-feira (1). O prédio ficou totalmente destruído e precisou ser demolido.

No mês de março, o perito-chefe do IC, Edvaldo Messias Barros já havia informado que as chamas foram iniciadas no estoque do hipermercado. Agora, o laudo que aponta as causas do incêndio será anexado ao inquérito da Polícia Civil.

O Walmart estava situado na Avenida Brasil, em uma área de 8 mil metros quadrados. Para controlar as chamas foi necessário uma força-tarefa com apoio das equipes do Corpo de Bombeiros de Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Campinas, Piracicaba, Limeira e São Paulo.

O incêndio teve início por volta das 11h do dia 22 de fevereiro e só foi controlado depois de quase 24 horas. Duas pessoas tiveram ferimentos leves.

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018