22/03/2017 às 16h48min - Atualizada em 22/03/2017 às 16h48min

O cenário econômico

Nivaldo J.Silva
Ilustrativa
O Brasil passa pelas piores crises já registradas. Em 2016 conseguimos mudar o principal governante, acreditando que tudo mudaria rapidamente. Logo veio a questão que o presidente Michel Temer estava ainda interino e, era necessário aguardar o julgamento do impeachment. Depois de aprovado, chega outra questão, à do teto dos gastos a PEC241, novamente ficamos ansiosos pela votação no congresso e, quando aprovado, vimos que era necessária a votação também no Senado. Finalmente quando foi tudo aprovado, acreditávamos que o mercado iria reagir, mas ainda não, eis que surge a necessidade de limitar os gastos da previdência e seria uma nova batalha. 
 
Como tudo isso aconteceu entre o ano passado e o carnaval de 2017, ficamos felizes de já estarmos em março pois, agora sim, podemos pensar que o Brasil vai retomar o crescimento. É claro que a reforma da previdência ainda está em discussão, portanto um assunto em aberto. 
Espero escrever nessa coluna um pouco sobre os assuntos econômicos com o impacto no mundo empresarial. Nos próximos artigos trarei um pouco mais de números para embasar/ilustrar todo o assunto.
 
O primeiro parágrafo de hoje foi somente para mostrar como estamos indignados com o momento que passamos. Quando pensamos que vai melhorar vem uma noticia que ainda não, quando resolvemos um grande assunto, surge outro e diz: calma ai, tem que passar ainda pelo congresso, pelo senado...
 
A nossa preocupação é com as empresas de pequeno e médio porte, elas estão sem capital de giro para honrar as contas, elas estão demitindo. Todos temos na família amigos que estão desempregados, e para piorar já estamos no mês 03 de 2017 e ainda não veio a grande melhora do mercado.
 
Como me considero otimista, acredito que tudo vai passar. A história mostra retomadas fortes da economia, ou seja, quando passar a crise, virá uma boa retomada, de maneira que os que suportarem esse momento aproveitarão a oportunidade de crescimento.
 
Relacionadas »
Comentários »

Manifestação na câmara municipal de Santa Bárbara, servidores municipais cobrando sobre o reajuste de 1,69 de aumento no salário.

Publicado por Portal Atualidade em Terça-feira, 29 de maio de 2018